Arquivo de novembro \18\UTC 2012

Sobre o amor e a perda

“(…) Sou o som de uma única mão batendo palmas
Jogo tênis sem bola e golfe sem taco
neste jogo trocaram todas as regras,
E nunca admitem que eu estou jogando. (…)”

Sabe qual uma das piores dores do mundo? A da perda.

Você já perdeu alguém que você amava? Eu já. Algumas eu perdi porquê os desígnios dos céus resolveram levar lá para cima. Essa dor da perda, pela morte, eu sei lidar, ao menos sei como administrar bem. Agora perder alguém que vai morrendo aos poucos para você em vida… meu Deus, como essa dor vai esmagando, apertando dentro do peito. Perder assim dói.

Perder aquela pessoa que você ama para a mágoa, para o ressentimento, para a covardia, para a falta de respeito, para a rejeição, para a falta de consideração.

É tão estranho e me sinto tão vazia, apesar das lágrimas ainda não terem secado totalmente.

Eu olho para o futuro que sonhei e não vejo mais futuro. Faço um esforço para me lembrar dos meus sonhos coloridos e vejo tudo cinza. Fiz castelos na areia. E agora sou eu quem estou desmoronando. Eu me sinto tão cansada.

Onde eu estava todo esse tempo? Por quê, eu deixei me machucar tanto? Os sinais estavam ali mesmo, desde o início? Será que diziam mesmo, desde o começo, que eu jamais passaria de uma figurante na vida de alguém? De que sempre, sempre, eu estaria no último plano, que eu sempre seria a errada, que eu sempre deveria me conformar com os restos? De que sempre, em todos os momentos, sentiria na pele a rejeição e a exclusão?

Eu nunca pedi por uma escolha. Mas eu implorei por um equilíbrio.

Agora vejo o cansaço e o desânimo batendo em minha porta. E não faço absolutamente nada para impendi-los de entrar.

Dizem que o amor nunca acaba. Mas quando o ressentimento é maior que a esperança, certamente o amor já começa a querer dar seus últimos suspiros.


Flickr Photos

Da série: Fotos Estranhas I

Mais fotos
novembro 2012
S T Q Q S S D
« dez   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.