E lá vamos nós!

mulher-maravilha

Lendo um post do blog  B.I. Internacional sobre o espaço da mulher dentro das empresas e do mercado de trabalho em geral, me atentei para alguns trechos que recortei e coloquei por aqui. O post na íntegra está no blog e é muito bom.

Estatísticas recentes indicam que os homens continuam tendo mais oportunidades de trabalho e melhores salários, com ou sem crises. E se de um modo geral as oportunidades de trabalho diminuíram para ambos os sexos nos níveis inferiores de renda, principalmente por falta de capacitação e treinamento, nos níveis médio e superior, o poder econômico das mulheres cresceu muito. A mulher já representa, nos Estados Unidos, metade da força de trabalho (48%) e, enquanto houve uma retração em torno de 7% para salários masculinos, houve um aumento em torno de 11% para as mulheres nos últimos anos. E as mulheres capacitadas e bem preparadas já constituem o segmento mais crescente da sua força de trabalho. E embora se diga que mais mulheres estão trabalhando para aumentar a renda familiar, são nas famílias de renda mais alta que isso ocorre com mais frequência. Há cerca de 30 anos, quanto mais alto o salário do marido, menor era a chance da mulher trabalhar.

(…)

Mas vejamos quais as características femininas que parecem contribuir para um espaço crescente nas empresas e quais as maiores dificuldades que as mulheres encontram nessa caminhada.

MULHERES

capacidade de relacionamento com os outros, de cuidar e se preocupar com os outros;
• dependência/interdependência (o que você quer que eu seja para você/o que eu posso para mim mesmo);
• capacidade de amor, amizade e troca;
• ser mãe e assumir esse papel;
perceber os sentimentos e humores dos outros;
ter família e carreira;
• especialização de papéis na família: dona de casa e envolvimento com filhos; (em muitos casos também provedora)
• relatividade de julgamentos morais (em função de alternativas);
• pensamento contextual

HOMENS

• capacidade de autonomia pessoal;
• independência (o que eu quero ser fazer para, por e com você);
• capacidade de amor;
• amizade e interesse comunitário;
• ser agressivo, ter sucesso, realizar;
carreira e autonomia de trabalho;
•    papel na família: provedor (em alguns casos donos de casa e envolvimento c/filhos)
•    julgamento moral em termos absolutos (certo ou errado);
•    pensamento formal

Os homens lutam para preservar a independência e evitar o fracasso. Utilizam relacionamentos e conversas como meios para troca de informações (papo – informação). Estabelecer uma rede de conexões e até de amizades é um meio de se manter posicionado, não ficar para trás. As hierarquias são estabelecidas através de competições por poder e autoridade. A habilidade de formatar um modelo acurado de si mesmo e operá-lo eficientemente, que é a inteligência intrapessoal é mais próprio do homem.

As mulheres lutam para preservar a intimidade dos relacionamentos, evitar o isolamento, formar uma rede de apoio e atingir consenso. Conversas são maneiras de estabelecer relacionamentos (papo- relação). Flexibilidade, criar empatia, capacidade de delegar, capacidade de relacionamento com e de motivação de pessoas, compartilhar fazem parte da mulher. A habilidade de entender o outro para poder trabalhar em cooperação, que é a inteligência interpessoal faz parte da mulher.

A formação profissional essencial para qualquer papel que venha a assumir poderá ser mais ou menos intensa, dependendo da posição almejada, mas requisitará esforço e empenho e não irá diferir da dos homens almejando posições semelhantes. A competição irá envolver capacitação e empenho. Terá de ser conquistada pelo seu valor.

Viram só meninas? Como as coisas realmente funcionam? Gostei muito das características das mulheres, descritas pela texto. Achei extremamente fiéis em relação à maneira como nós mulheres lidamos, não só com o mercado de trabalho, mas também com nossas relações pessoais. No texto em questão, essas características são descritas até como positivas para o trabalho, mas por diversas vezes, até no relacionamento pessoal isso pode ser algo negativo. Pelo menos no meu ponto de vista.

Quando comparei tais características entendi exatamente porque surgem tantos conflitos nessa relação homem e mulher. Porque vai ser assim tão diferentes um do outro em outro lugar! Só complicação.

Porém, independente disso é bom que os homens se cuidem e comecem a aprender um pouquinho com o exemplo das mulheres, porque em matéria de empenho, dedicação e cuidado com o outro, as mocinhas ultimamente têm dado um banho nos rapazes.


Anúncios

0 Responses to “E lá vamos nós!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Flickr Photos

Da série: Fotos Estranhas I

Mais fotos
julho 2009
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

RSS Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: